TRUMP INICIA PROCESSO ALEGANDO FRAUDE NA ELEIÇÃO. EVIDÊNCIAS DE ILEGALIDADES SÃO DEMONSTRADAS

 

NÃO ERA ‘BLEFE’ DE TRUMP

Ao contrário do que todos imaginavam, não se tratou de bravata de Trump. Há evidências de irregularidades em alguns estados chave. Vejamos abaixo um resumo:

  • Campanha de Trump abre processo na Pensilvânia
  • O procurador-geral de Ohio juntou-se a uma proposta para pedir à Suprema Corte dos EUA que rejeite a decisão da Suprema Corte da Pensilvânia, do final de outubro, que permite que os votos atrasados ​​sejam contados.
  • Dois senadores do Partido Republicano da Geórgia conclamam o secretário de Estado republicano, Brad Raffensperger, a renunciar devido ao fracasso em “realizar eleições honestas e transparentes”.
  • A Suprema Corte da Pensilvânia concorda em ouvir a contestação do Partido Republicano sobre dezenas de observadores que afirmam que foram “encurralados” por funcionários da Pensilvânia e incapazes de ver a contagem, o que pode invalidar até 800.000 cédulas.
  • Funcionários de pesquisa de Nevada atestam fraude absoluta.

 

FRAUDE NA PENSILVANIA?

A campanha de Trump entrou com um processo de 105 páginas no Tribunal Distrital dos EUA na Pensilvânia, alegando que o estado operava um sistema de votação ilegal de ‘duas camadas’ para as eleições gerais de 2020 e tentou impedir o estado de certificar o contagem.

Conforme relatado pelo LawandCrime.com, a secretária de Estado da Pensilvânia, Kathy Boockvar, uma democrata, e sete conselhos eleitorais do estado de Keystone estão listados como réus

O caso foi atribuído ao juiz distrital dos EUA, Matthew Brann, nomeado por Barack Obama.

 

 

ILEGALIDADE EM PITSBURGH E FILADÉLFIA

 

Segundo Rudy Giuliani: “Não apenas na Filadélfia, no entanto, precisamente a mesma coisa foi feita em Pittsburgh. A única diferença é – quando um tribunal interveio na Filadélfia, eles não seguiram a ordem do tribunal, e nosso pessoal foi ameaçado de prisão se tentássemos examinar as cédulas . Já em Pittsburgh, no meio do caminho, eles permitiram alguma observação. Portanto, o número de votos ilegais na Filadélfia é cerca de duas vezes o número em Pittsburgh. ”

 

FUTURO INCERTO E INCREDULIDADE

Embora gere incredulidade (até porque a mídia inteira já “elegeu” o democrata…), as evidências parecem fortes demais para serem ignoradas, tanto assim que os tribunais aceitaram as ações.

O que gera espanto é imaginar o nível de baixeza necessário para se realizar esse tipo de ilegalidade, ainda mais naquela que é considerada a “maior democracia” do planeta. Infelizmente, quando os interesses superam a moralidade, se pode esperar de tudo.

Contudo, há que se confiar na justiça americana para chegar à verdade. Até que isso ocorra, qualquer ‘comemoração’ será prematura, seja de um lado, seja de outro.

 

 

 

IRAN PORÃ MOREIRA NECHO (15/11/1970), é  advogado formado na Universidade Mackenzie, com extensão em Samford-EUA, atuou como advogado interventor em Liquidações Extrajudiciais pelo Banco Central. É sócio no escritório de advocacia Moreira Necho e Santos Couto Advogados, presidente do IBRIM – Instituto Brasileiro Imobiliário e criador do site direitalivre.com, em 2014.

 


 

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK:

 

LEIA MAIS:

 

Trump designa oficialmente Brasil como Aliado Principal não membro da OTAN

Patrão é esfaqueado e morto por apoiar Trump

Filme sobre esquerdistas caçando e matando seguidores de Trump, irá aos cinemas em setembro